quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Expedição em Machu Picchu no Perú

28/12/2009 - Eram 12:30h quando chegamos à entrada principal de Machu Picchu. A passagem do ônibus de Águas Calientes até Machu Picchu é de US$ 14,00 (ida e volta) e o ingresso em Machu Picchu mais US$ 40,00.



A foto oficial do grupo


Logo na entrada contratamos a guia Daniela que nos acompanhou durante todo o passeio. Como estávamos em grupo saiu apenas R$ 6,00 por pessoa.



Machu Picchu está a 2.450mts de nível do mar e a cidade perdida dos incas foi descoberta pelo historiador americano Hiran Bingham em 24 de Julho de 1911. Antes desta data boa parte dos quéchuas que vivia na região andina, na zona do Rio Urubamba, sabia da existência de uma cidade escondida no meio da selva. A "descoberta" de Hiran ocorreu com a ajuda de um garoto quéchua e quando lá chegaram as ruínas estavam completamente cobertas pela vegetacao e foram necessárias muitas expedições ao local até que fosse feita toda a limpeza do lugar.


Machu Picchu quer dizer "montanha velha" na tradução do idioma Quéchua.

A cidade é dividida em duas áreas: uma agrícola e uma urbana. Na parte agrícola os terraços demonstram as avançadas técnicas de cultivo dos incas, assim como a prevenção de erosões.



Área Agrícola


No setor urbano a arrojada arquitetura se distingue pelas perfeitas construções de pedras engenhosamente encaixadas.


Área Urbana


Ao longo do sítio identificam-se praças, santuários, fontes, torres, tumbas e residências.




Recentemente tem se dito que a designação "incas" não se aplicava ao povo e sim aos imperadores, os líderes.

Das construções hoje existentes 75% é original da época inca e 25% foi reconstruído desde seu descobrimento.




Huayna Picchu: o local conhecido como "Machu Picchu" esta entre dois grandes cerros (morros), o Cerro Machu Picchu (tradução "morro velho") e o Huayana Picchu ("morro novo"). O Huayana Picchu é a montanha que reina soberana em frente a Machu Picchu e que consta em todas as fotografias conhecidas de Machu Picchu. É possível subir o Huayana Picchu a pé em visitas limitadas a 400 pessoas por dia, sendo feitas em dois horários: às 7h e às 10h. da manhã.


Ao fundo o Huayna Picchu


Saímos de Machu Picchu praticamente no último trem do dia que sai de lá às 17:30h rumo à Águas Calientes.


6 comentários:

  1. Ola Turma A vida é dura HE He Viajar com Ronaldo deve compensar tudo Meu NORO é um fenomeno Acordei voces? Aqui ja eram 8 h PÔ Duda e Gabi vces moram no coraçao do vô e da vó Desejamos a TODOS saude em 2010 Frutinhas Verdurinhas Exercicio Já devem estar tramando outra aventura Haja preparo fisico Querida Bea e fam. AMAMOS VOCES

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Massa o passeio de vcs.... Estamos indo para Machu Picchu esta semana... quem sabe não nos esbarramos pelo caminho... estou acompanhado o blog de vcs, pois iremos fazer um trajeto meio q parecido com o q vcs fizeram, grande abs.... Fiquem com Deus...

    http://osfurtados.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. beleza pessoal!!!
    aproveitem tudo e continuem postando!
    um grande abraço e 2010 DEZ para todo mundo.
    Roberta, Carlos, Greta e Lourenço

    ResponderExcluir
  5. Estimados

    estamos organizando uma viagem de caroo até MP, desde osório RS. este blog é um verdadeiro achado!!! Um abraço e obrigado pelas valiosas dicas!!!

    Alejandro

    ResponderExcluir
  6. Sem sombra de dúvidas, conhecer o Peru e principalmente Machu Picchu, foi a melhor viagem de minha vida. E olha que conheço 24 países!!! Tem gente que já foi e diz que eu estou louca, mas não sei dizer o porquê.
    Só que a gente fez diferente de vocês, fomos de avião para Lima e para Cusco e de trem para MP. Só para conhecer Puno é que fomos de ônibus. Eu gostei demais de lá e vendo seu relato, matei um pouco a saudades daqueles dias.
    Um grande abraço.
    Rose Vital
    http://meamarroemviajar.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seguidores