quarta-feira, 17 de março de 2010

Expedição de Carro para Machu Picchu e Deserto do Atacama

De: Nova Petrópolis - Rio Grande do Sul
Para: Machu Picchu - Perú
Distância Percorrida: 9.000Km
Período: de 20/12/2009 à 08/01/2010
Quantidade de pessoas e veículos: 11 pessoas em 3 veículos


Comentários: Desta vez realizamos uma das aventuras que fazem parte do imaginário de muitas pessoas: conhecer o santuário de Machu Picchu no Perú. A diferença é que a maioria das pessoas vai de avião até Lima e de lá segue para Cuzco de carro ou também de avião e nossa expedição de carro percorreu 9.000Km e passou por 5 países: Brasil, Argentina, Bolívia, Perú e Chile.

Uma viagem deste tipo sempre gera muitas expectativas e exige um pequeno planejamento prévio para definir-se em quais estradas rodar, em que cidades dormir, quais os pontos "turísticos" a conhecer e outros tantos dados fundamentais para que a viagem transcorra com tranquilidade. Todas as informações que foram relevantes para nós estão aqui transcritas permitindo que outros viajantes percorram o mesmo roteiro já com algumas informações "mastigadas".

Para visualizar as postagens de nossa aventura clique sobre os links abaixo e viaje conosco. Não deixe de registrar seus comentários sempre que possível. Acredite, são os comentários deixados por novos viajantes que nos inspiram para continuar registrando nossas aventuras neste blog.


Planejamento da viagem:

A viagem:

Veja o Tracklog da viagem. Arquivo para ser visto no Google Earth:

Dicas importantes para a viagem:


Planejamento Prévio: Este é o planejamento prévio de nossa viagem de carro do Rio Grande do Sul para Machu Picchu no Peru realizada em Dezembro/2009. A saída ocorreu no dia 20/12/2009 e ficamos fora por aproximadamente 20 dias. Os trajetos abaixo indicam as distâncias entre as cidades que dispõe de boa estrutura de hospedagem e que ficam no roteiro.

Roteiro a ser percorrido:
  • Trajeto 1 - De Nova Petrópolis (RS) à Posadas (ARG). Independente do local de travessia da fronteira Brasil - Argentina, sendo por São Borja ou Porto Mauã, temos até a RN120, cruzamento com a RN12 em Posadas 11 horas de viagem e 760Km.

  • Trajeto 2 - De Posadas (ARG) até Corrientes (ARG): são mais 260Km e mais 03:30h de viagem.

  • Trajeto 3 - De Corrientes (ARG) à Roque Saenz Pena (ARG). são 185Km e 2:15h de viagem.

  • Trajeto 4 - De Roque Saenz Pena (ARG) até San Salvador de Jujuy (ARG): são 685Km e 08:30h de viagem.

  • Trajeto 5 - De San Salvador de Jujuy (ARG) até Humahuaca (ARG). Após 130Km de Jujuy passaremos por Humahuaca (02h viagem), a última cidade do roteiro de ida que já é conhecida por nós (até este ponto estaremos fazendo o mesmo roteiro de quando fomos para o Deserto do Atacama em dez/07). Estaremos entrando na Cordilheira dos Andes chegando a 3.000mts de altitude. Neste trecho poderemos visitar as Ruinas del Pukara em Tilcara

  • Trajeto 6: De Humahuaca (ARG) até Tupiza (BOL): Percorrendo mais 170Km após Humahuaca estaremos ingressando na Bolívia. Mesmo antes de ingressarmos na Bolívia não estaremos mais rodeados pela Cordilheira dos Andes e sim estaremos andando sobre ela, em uma grande planície, a 3.500mts. de altitude, antes das altitudes subirem ainda mais e voltarmos a estar rodeados pela Cordilheira. A partir da divisa, (cidades de La Quiaca e Villazon) enfrentaremos aproximadamente 200Km de estrada de terra, até aproximadamente Cotagaita. Neste percurso, após 91Km da divisa dos dois países chegamos a Tupiza, onde provavelmente passaremos a noite. Neste trajeto temos 430Km percorridos, sendo que entre a La Quiaca e Tupiza enfrentaremos 91Km de estrada de terra.
  • Trajeto 7 - De Tupiza (BOL) até Potosi (BOL): 255Km após Tupiza chegamos a Potosi, cidade de mais de 200 mil habitantes, situada a 4.000mts. de altitude. De Tupiza a Cotagaita (aproximadamente 90Km) rodaremos em estrada de terra. Potosi foi uma das mais ricas cidades do mundo no século 17, fruto de uma antiga mina de prata que chegou a ser a maior do ocidente. Existem visitas guiadas (uma pela manhã e outra à tarde) para as Minas de Cerro Rico.
  • Trajeto 8 - De Potosi (BOL) até Oruro (BOL): É em Potosi que fica o Salar de Uyuni, a maior planície salgada do mundo. O Salar fica a 210Km de Potosi e o trajeto pode ser feito de trem que atravessa grandes altitudes (partindo de Oruro), em meio às montanhas do altiplano. Após 275Km chegamos a Oruro, cidade conhecida por seu carnaval e ponto de partida do trem para o Salar de Uyuni (veja os horários). De carro de Oruro até Uyuni informações da internet indicam serem necessárias 7 horas de viagem devido à precariedade da estrada.

  • Trajeto 9 - De Oruro (BOL) até La Paz (BOL). São 210Km de viagem em 02:30h. Em La Paz (a capital mais alta do mundo, a 3.650mts) vale a pena conhecer o Valle de La Luna e o Pico Chacaltaya que fica a 5.421mts. (a mais alta estação de esqui do mundo) e distante apenas 30Km de La Paz, situado na Cordilheira Real, cadeia integrada à Cordilheira dos Andes (informações indicam tratar-se de 2 horas de viagem a partir de La Paz). Distante 100Km de La Paz está também a Ruta de La Muerte, famosa por suas imagens de carros que transitam à beira de imensos precipícios.

  • Trajeto 10 - De La Paz (BOL) até Copacabana (BOL). Este trecho compreende 150Km (2h), passando-se pela Rodovia 2 e cruzando o Lago Titicaca de balsa. Copacabana é a principal cidade do entorno do Lago Titicaca, lago navegável de maior altitude do mundo e o 2º maior da América do Sul (perde apenas para o Maracaibo na Venezuela). A partir de Copacabana pode-se visitar a Ilha do Sol, a maior ilha do lago, com 14,3Km2.

  • Trajeto 11 - De Copacabana (BOL) até Puno (PERU): percurso de 130Km. Puno também está as margens do Lago Titicaca, a 3.900mts. de altitude, mas no lado Peruano do lago. A partir de Puno pode-se visitar as Ilhas Flutuantes de Uros, construídas sobre plantas semelhantes à juncos. A viagem de barco dura 30 minutos.

  • Trajeto 12 - De Puno (Peru) até Cuzco (Peru). Neste trajeto percorremos 390Km em 05:30h. Em Cuzco conheceremos a Plaza de Armas, Iglesia Sagrada Família, Museu Inca. Cuzco é considerada a cidade habitada mais antiga do continente, intitulada a "capital arqueológica da América". É considerada também a mais bonita cidade do Perú. Neste percurso, 212Km após Puno chegaremos à Abra La Raya, onde atingiremos 4.335mts de altitude em um dos locais mais altos de nossa viagem de ida. No caminho conheceremos o Templo Raqchi Wiracocha, em Huacarpay visualizaremos o Vale do Rio Urubamba e logo após o Parque Arqueológico de Tipón, um lugar de grandes fontes de água e um dos mais importantes complexos de arquitetura de Cusco.

  • Trajeto 13 - Vale Sagrado dos Incas (Cuzco): Fica na região do Rio Urubamba e lá pode-se conhecer 4 ruínas incas: Tambomachay, Saqssaywaman (a mais interessante das ruínas), Qenqo e Puka Pukara. Indica-se também compras de produtos indígenas em Pisac, a 30Km de Cuzco que oferece ainda uma imperdível vista do vale (Morro Intihuatana). No Vale Sagrado dos Incas, Ollantaytambo é a única cidade inca do Peru ainda habitada e a mais bem conservada. O trajeto completo do Vale Sagrado dos Incas é de 180Km.

  • Trajeto 14 - Machu Picchu: distante 112Km via férrea, Machu Picchu fica a 2.450mts. de altitude. Para chegar até lá existe a opção de ir de trem a partir de Cuzco (estação São Pedro) ou a partir de Ollantaytambo. A cidade mais próxima é Águas Calientes, local em que chegam os trens e de onde partem os ônibus para Machu Picchu. Em Machu Picchu existe também a possibilidade de conhecer Huayana Picchu, o pico mais alto do parque e no qual apenas 400 pessoas por dia podem subir.
  • Trajeto 15 - De Cuzco à Arequipa: distante 609Km, onde retornamos de Cuzco em direção ao sul por 345Km (rodovia que segue para Puno) e na localidade de Juliaca seguimos em direção oeste por 250Km até Arequipa, que fica a 2300 metros de altitude, estendendo-se numa área de oásis localizada num vale das montanhas desérticas da Cordilheira dos Andes, e rodeada por vários picos, entre os quais o de Vulcão Misti, com cerca de 5822 metros de altitude, distante 18Km de Arequipa. A cidade tem aproximadamente 1 milhão de habitantes. Arequipa fica 115Km distante do Oceano Pacífico (cidade de Islay).
  • Trajeto 16 - De Arequipa à Arica: percurso de 426Km, onde chegaremos à divisa entre Peru e Chile, representada pelas cidades de Tacna e Arica. Arica é região de zona franca e possui ótima estrutura para seus visitantes. Arica tem grande importância histórica pois era através de seu porto que era escoada a produção de prata de Potosi. Arica foi também uma importante região durante a Guerra do Pacífico.
  • Trajeto 17 - De Arica à Iquique: 310Km de trajeto. Iquique é famosa por seus monumentos nacionais e suas praias, sendo as mais importantes Primeras Piedras, Brava, Cavancha e Huayquique. Em Iquique está localizada a maior e mais importante Zona Franca da América Latina.
  • Trajeto 18 - De Iquique à Calama: este trecho de 390Km pode ser feito com a mesma distância seguindo-se pelo litoral (via Tocopilla na Ruta 1) ou utilizando-se a Ruta 5 que corre aproximadamente 55Km distante do litoral a aproximadamente 1.000 metros do nível do mar. Neste trajeto, 17Km antes de Calama encontra-se a Mina de Chuquicamata, a maior mina de cobre a céu aberto do mundo.
  • Trajeto 19 - De Calama à São Pedro de Atacama: distância 100Km. Leia sobre o Deserto de Atacama no link, especificamente nos relatos dos dias 6, 7 e 8.
  • Trajeto 20 - De São Pedro de Atacama à San Salvador de Jujuy: percorrendo 475Km estaremos novamente em San Salvador de Jujuy, passando por Susquez, Costa de Lipan e Purmamarca. Veja mais sobre este percurso no link. Temos também a opção de neste dia irmos até Salta, distante 85Km de Jujuy via Ruta 9.

Este é o esboço da viagem, já considerando todos os pontos que deverão ser visitados no percurso, independente desta visita ocorrer na ida ou na volta.

Simulação de datas do percurso:

  • 20/12/09 - De Nova Petrópolis à Corrientes: 1.020Km
  • 21/12 - De Corrientes à San Salvador de Jujuy: 870Km
  • 22/12 - De San Salvador de Jujuy à Tupiza: 430Km
  • 23/12 - De Tupiza à Oruro: 571Km
  • 24/12 - De Oruro à La Paz: 254Km
  • 25/12 - Dia em La Paz - passeio pelo Chacaltaya e Valle de La Luna
  • 26/12 - De La Paz à Copacabana: 155Km
  • 27/12 - De Copacabana à Cuzco: 520Km
  • -----------------------------------------------------------------------
  • 28/12 - Conheceremos Machu Picchu - trem de Ollantaytambo para Aguas Calientes as 08:53h com o trem Backpacker.
  • 29/12 - Retorno de Machu Picchu - trem de Aguas Calientes para Ollantaytambo as 10:55h com o trem Vistadome Valley.
  • 29/12 - Passeio pelo Vale Sagrado dos Incas: 180Km
  • 30/12 - City Tour em Cuzco
  • 31/12 - Dia livre em Cuzco
  • -----------------------------------------------------------------------
  • 01/01/2010 - De Cuzco à Arequipa: 609Km
  • 02/01 - De Arequipa à Iquique: 736Km
  • 03/01 - De Iquique à San Pedro de Atacama: 485Km
  • 04/01 - Dia em São Pedro de Atacama
  • 05/01 - De San Pedro de Atacama à San Salvador de Jujuy: 475Km
  • 06/01 - De San Salvador de Jujuy à Corrientes: 867Km
  • 07/01 - De Corrientes à Santo Ângelo (RS): 585Km
  • 08/01 - De Santo Ângelo à Nova Petrópolis: 453Km

Observação: com este cronograma, que prevê o retorno para casa em uma 6ª feira (08/01/2010), teremos a disponibilidade de estender a viagem em algum lugar por até 1 dia, chegando assim em casa no sábado.

Preços da Gasolina no Mercosul:

  • Argentina: R$ 1,80
  • Bolívia: R$ 1,10
  • Brasil: R$ 2,59
  • Chile: R$ 2,62
  • Colômbia: R$ 1,70
  • Equador: R$ 1,05
  • Peru: R$ 2,50
  • Paraguai: R$ 2,70
  • Uruguai: R$ 3,00

Distâncias a percorrer em cada país:

  • 1.220 Km rodados no Brasil
  • 3.370 Km rodados na Argentina
  • 995 Km rodados na Bolívia
  • 1.735 Km rodados no Peru
  • 800 Km rodados no Chile

Dicas de alguns sites:

  • Levar cópias dos documentos pessoais e do veículo para apresentar em algumas Aduanas que exigem cópias dos documentos.

Dicas importantes para a viagem:

Mapas de GPS a serem utilizados:

  • Brasil: Tracksource
  • Argentina: Mapear
  • Bolívia: ConoSur (o Viajeros tem mais detalhes mas não é roteável)
  • Perú: Peru Roteable
  • Chile: Viajeros

Cotações de Moedas nos países que iremos visitar: base 13/12/09

  • Brasil: R$ 1,00 = US$ 0,57 ou US$ 1,00 = R$ 1,75
  • Argentina (pesos): R$ 1,00 = AR$ 2,16 ou AR$ 1,00 = R$ 0,46, ou US$ 1,00 = AR$ 3,79
  • Bolívia (boliviano): R$ 1,00 = BOB $ 4,01 ou BOB $ 1,00 = R$ 0,25, ou US$ 1,00 = BOB $ 7,03
  • Perú (novo sol): R$ 1,00 = PEN $ 1,64 ou PEN $ 1,00 = R$ 0,61, ou US$ 1,00 = PEN $ 2,88
  • Chile (pesos): R$ 1,00 = CLP $ 283,00 ou CLP $ 1.000,00 = R$ 3,52, ou US$ 1,00 = CLP $ 496,00

Encontramos na Web alguns sites com roteiros e fotos de viagens já realizadas:

Clique sobre o mapa para ampliá-lo.

25 comentários:

  1. Olá, Márcio! Estou fazendo o meu "recorrido" dos blogs que acompanho. Já deixei um depoimento lá no Fórum Brasil 4x4 sobre o relato da viagem que vocês concluíram, mas gostaria de dizer que você produz um blog de ótima qualidade. Dos que eu tenho visto e lido por aí o seu é um dos melhores, senão o melhor! Parabéns pelos relatos feitos durante a viagem, algo que exige um esforço extra considerável para ser viabilizado.
    Quando formos ao Peru, pois está em nossa lista de interesses, utilizaremos todas as informações armazenadas aqui no Turismo e Aventura. Saudações!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!!!
    ótimo roteiro e descrições.
    Fiz uma pequena parte da trip de vcs em março do ano passado e lendo o blog fiquei com muita saudades e vontade de ir de novo!!

    ResponderExcluir
  3. Olá amigos viajantes, tudo bem?!

    Primeiramente agradecemos pela referência a nosso Blog.

    Já estamos lendo o relato de vocês da viagem a Machu Picchu. Está sensacional! As dicas são incríveis. Com certeza este relato irá nos ajudar a planejar nossa viagem de 2012, com destino a Machu Picchu e Nazca. Nossa próxima viagem será para Ushuaia em 2011.

    Retornamos de nossa viagem ao Atacama no dia 07/jan/10. Gostaríamos novamente de agradecer todas as dicas sobre este destino. Em nossa página inicial está um agradecimento a este Blog. Obrigado mesmo!

    Vocês estão mais adiantados que nós. Estamos ainda no início da atualização de nosso blog! :)

    Parabéns pela qualidade e relevância de todas as dicas e informações postadas.

    Grande abraço e continuem compartilhando suas experiências.

    Alexandre e Rosângela

    ResponderExcluir
  4. Olá novamente

    Apenas uma pergunta? Por que vocês não foram conhecer as linhas de Nazca? Pelo que vi no Google são uns 400Km de Cuzco. Estamos perguntando porque quando formos ao Peru queremos conhecer as famosas linhas, além de Machu Picchu, é claro.

    Abraços

    Alexandre e Rosângela

    ResponderExcluir
  5. Ola Amigos

    Parabens pelas viagens, é inspirador...rs...
    Amigo, estou com praticamente tudo pronto para a viagem, somente uma duvida me atormenta. Tenho um Fox 2007, acham q aguenta o tranco da viagem?
    Um forte abraço..e novamente parabens

    OBS: Coloquei aninimo pois não consegui me incluir em nenhuma das URL...mas me chamo Otavio Rossi e meu email é otaviorossi02@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. olá, gostaria de saber se passaram por Iquique, Chile? se sim, tem indicações de hospedagem boa e barata?
    Outra coisa: o que é interessante comprar por lá? máquina fotográfica é vantajoso?
    obrigada, Karla
    meu e-mail: karlarussi@bol.com.br

    ResponderExcluir
  7. Bah, pela cara reconheci o Tussi.
    Se não me engano era ele que tinha um Consultório Odontológico em São Valentim-RS.
    Quanto tempo.
    Um Grande Quebra-Costela.

    ResponderExcluir
  8. Amigo "Anônimo"
    Por favor identifique-se para que eu possa retribur o abraço.
    Meu email: etussi@brturbo.com.br

    ResponderExcluir
  9. fernando rodrigo guerche22 de abril de 2010 16:38

    olâ achei maravilhoso o roteiro de vcs....estamos planejando para fazer uma viagem bem paeceda com a de vcs...queremos passar por uruguai, argentina, chile, paraguai, bolivia,e peru...onde posso encontrar ajuda especialisada...para nos orientar...sua ajuda séra mto importante p nós obrigado e Parabéns...
    e-mail guerchebaltazar@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Olá ,achei muito legal o roteiro de vcs , estamos querendo fazer essa viagem , só que estamos ainda com receio por sermos apenas 2 pessoas e 1 carro , vc acha que é tranquilo ou melhor arrumarmos mais pessoas ??meu email : helompimentel@gmail.com

    ResponderExcluir
  11. Geraldo Guedes disse :
    muito legal! Estamos partindo para Machu Picchu em julho, vamos de Kombi. Visite nosso site www.machupicchu.aventurasnakombi.com.br

    ResponderExcluir
  12. Márcio, tudo bem? Quando vocês foram ao Perú vocês fizeram a extensão de seguro do veículo? Descobri que o meu seguro não tem isso e parece que somente o Bradesco teria. Outra pergunta. Vocês fizeram o SOAT ou ficaram isentos por ficarem por menos de trinta dias no Perú? Lembro que vocês tiveram problemas com isso na fronteira da Bolívia e do Perú. Agradeço se puderes me auxiliar! Abraço.

    ResponderExcluir
  13. Evandro

    Faço abaixo alguns esclarecimentos acerca do seguro:

    - Seguro total: nosso seguro total tem cobertura apenas para o Brasil e países do Mercosul (Argentina, Uruguai e Paraguai). Por este motivo para ir para o Chile, Perú e Bolívia é necessária a extensão de seguro. Na aduana de entrada da Bolívia (Villazon) a comprovação da extensão do seguro nos foi solicitada e como eu não havia enviado a apólice comigo acabamos subornando os policiais aduaneiros. Nos demais países eles não exigem, mas se ocorrer algo com seu veículo a seguradora brasileira não cobrirá os danos.

    - Seguro contra terceiros: A carta verde é necessária quando circulamos em outros países.

    Quanto ao SOAT, nos foi solicitado mas depois do suborno esqueceram. Legalmente ele não pode ser exigido pois existe a questão dos 30 dias.

    Veja o tópico e os comentários do Álvaro e Adelaide no http://turismoeaventura.blogspot.com/2009/12/aduana-em-la-quiaca-arg-e-villazon-bol.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Márcio tudo bem? encontrei esse blog no site de pesquisas, há muito tempo tenho o sonho de fazer esta viagem de carro, então as vezes entro nas buscas para achar material. Pelo que vi vc foi nesta aventura estou certo? teria como entrar em contato pelo meu e-mail (fabiococal@hotmail.com) pois gostaria de fazer algumas perguntas e saber se vão novamente pois não tenho parceiros nesta aventura, fico no aguardo, obrigado

      Excluir
  14. Olá, Márcio! Descobri em cima do laço que o meu seguro cobre Uruguai, Argentina, Chile, Paraguai, Bolívia e Venezuela, mas não permite estender o perímetro de cobertura para o Perú. Já verifiquei que os seguros oferecidos pelo Banco do Brasil e o Bradesco possuem a extensão para esse país. Sobre o SOAT eu concordo com o caso da Bolívia, que foi explicado pelo Álvaro & Adelaide naquela ocasião da sua viagem, mas na legislação do Perú não encontrei a exceção dos 30 dias para veículos estrangeiros. No meu caso cheguei à seguinte conclusão: ou faço um seguro novo com a extensão do perímetro para o Perú, ou viajo por "minha conta e risco"!!!
    Abraço e muito obrigado!

    ResponderExcluir
  15. FANTASTICO.
    O passeio que todo aventureiro quer e deveria fazer.
    Eu fiz.
    Só com o caminho um pouco invertido. Saímos de Boa Vista-RR, em uma Toyota Hilux 4x2 (mas com guincho) eu, minha esposa e meu filho de 4 anos, passamos por Manaus-AM, BR=319 (a pior do Brasil) até Porto Velho-RO, Rio Branco-AC aonde entramos no Peru, Cuzco, Vale Sagrado, Puno-Titicaca, La Paz, Chacaltaya, Oruro, Potosi (visitamos a mina), Salar de Uiuni (fantástico), Lacunas Colorada, Verde, Azul, Gaisers, São Pedro do Atacama, San Salvador de Jujuy aonde atravessamos toda a Argetina até Dionisio Cerqueira-PR (é óbvio que também tivemos que pagar a sagrada "propina" para os guardas na Argentina)
    Passamos uma semana em São Miguel do Oeste-SC e outra em Santo Ângelo-RS em casa de parentes.
    Depois seguimos nosso planejamento, Curitiba, Belo Horizonte... 40 dias depois e mais de 14 mil km rodados chegamos em Natal-RN, nosso novo lar.
    Pesquisei muito antes de iniciar o 1º KM, e encontrei aqui todas as informações que levei meses procurando. Tudo detalhado, de forma clara e precisa.
    PARABÉNS PELA AVENTURA e, principalmente por dividir todas as informações com os próximos aventureiros.

    Dilamar LEWISKI
    inalewiski@yahoo.com.br
    (84) 9635-2730

    ResponderExcluir
  16. Silvani,
    Muito boa suas dicas e roteiro, pois estou planejando minha aventura com mais três amigos e elas foram muito importante.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  17. Pessoal, preciso montar um roteiro para meu chefe que quer ir de carro a Machu Picchu, eu já conheço mas fui de avião. Esse roteiro de vocês, teria algo que não deu certo e que poderia ser mudado, visto que tbm estamos no RS a rota seria a mesma. Abçs

    ResponderExcluir
  18. Preciso montar um roteiro de Curitiba para Cusco, Salar e Deserto do Atacama do dia 19/12 a 05/01, podem me ajudar?
    stevesson14@gmail.com

    ResponderExcluir
  19. Olá gente!
    Primeiramente parabenizo pelo trabalho que fiz em ajudar aos brasileiros que desejem conhecer Machu Picchu, quem escreve é um amante da cultura brasileira e graças a deus já teve a sorte de morar no Brasil por um bom tempo, agora voltei ao Peru – Cusco para mostrar a todos os brasileiros que desejem conhecer a terra dos incas.
    Se alguém deseja algumas dicas e recomendações pra a sua viagem, sera tudo um prazer ajuda-los em realizar o sonho de conhecer Machu Picchu Cusco, Lima, Lago titicaca, Arequipa, Nazca, Paracas, Puno, Trujillo e outros destinos que ainda não foram explorados pelo brasileiros.

    ResponderExcluir
  20. Olá Marcio! Venho usando os relatos de vocês para montar meu roteiro de viagem, é um dos blogs mais completos e me interessou de inicio em função de vocês também terem crianças no grupo (meu caso). Gostaria de saber contigo se repetiriam este mesmo roteiro na Bolívia, em função dos percalços e também as estradas muitos ruins? Estou com o projeto de ida montado, mas não sei se volto pela Bolívia ...fiquei meio receosa com tudo que você relatou...

    ResponderExcluir
  21. Qual é a melhor época para visitar Machu Picchu?
    É recomendável viajar a Machu Picchu e ao Peru de abril até novembro (época seca), o turismo no Peru é tudo o ano, mas o turismo é reduzido um pouco por causa das chuvas que é de dezembro até quase o final de março.
    Aconselhamos viajar no mês de junho por causa das festas folclóricas e pelo acontecimento da grandiosa Festa do Sol- Inti Raymi. (24 de Junho)
    Quem vai a Machu Picchu não pode deixar de subir para Huayna Picchu que é uma pequena trilha feita dentro da cidadela inca de Machu Picchu.
    - É bom dormir uma noite em Águas Calientes para subir a Machu Picchu ao dia seguinte bem mais cedo e assim visualizar a saída do sol.
    - Compre as entradas com antecedência, porque as vagas esgotam rápido na temporada alta.
    Se alguém esteja precisando mais informações para a sua viagem podem visitar o site da Viagens Machu Picchu > www.viagensmachupicchu.com.br.
    Boa viagem!!!

    ResponderExcluir
  22. Every one need a best company to go for a tour. A best option to choose travel agency. You give a nice thing in this blog. Thank you for such a nice article.

    Visit: PERU TURISMO

    ResponderExcluir
  23. Belo roteiro, de fazer inveja a qualquer mochilão!!

    Fizemos viagem semelhante. A melhor cidade para nós foi Cusco.

    Roteiro mochilão no Peru

    ResponderExcluir

Seguidores